Quantcast
Arthur Lira e Braga Netto negam “ameaça de golpe” do ministro da Defesa - Mundo News Web Interstitial Ad Example
4 de Agosto, 2021

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Arthur Lira e Braga Netto negam “ameaça de golpe” do ministro da Defesa

2 min read
...
Brazil's new Lower House President Arthur Lira is seen at the House of Representatives in Brasilia, Brazil February 2, 2021. REUTERS/Adriano Machado

Arthur Lira negou que tenha recebido qualquer ameaça de golpe do ministro da Defesa, Walter Braga Netto (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

  • Presidente da Câmara, Arthur Lira, negou que tenha recebido ameaça de Braga Netto

  • Segundo Estadão, ministro da Defesa teria dito que sem voto impresso, não haveria eleição em 2022

  • Braga Netto, ao chegar no ministério da Defesa, afirmou que a notícia era uma “invenção”

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas-AL), negou que tenha recebido uma ameaça de golpe do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto. A declaração foi dada à jornalista Ana Flor, do G1.

Lira informou que vai divulgar uma nota sobre o assunto, na qual negará a informação trazida pelo O Estado de S. Paulo. Segundo o jornal, Braga Netto teria dito a Lira que sem voto impresso, não haveria eleições em 2022.

Leia também:

Na reportagem divulgada pelo Estadão, a informação é de que Lira conversou com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e houve um acordo para que o ocorrido não fosse divulgado, por se tratar de um assunto “delicado”.

A informação também foi negada por Braga Netto. Ao chegar no ministério da Defesa, ele foi questionado por jornalistas e afirmou que se trata de uma “invenção”.

Entenda a suposta “ameaça de golpe”

Segundo o Estadão, o recado foi enviado por meio de um interlocutor. Quando Braga Netto transmitiu o “aviso”, ele estava acompanhado dos chefes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

De acordo com informações do Estadão, Lira disse a interlocutores que estava preocupado e descreveu a situação como “gravíssima”. O voto impresso ainda não foi votado na Câmara dos Deputados e ainda tramita em uma Comissão Especial, no entanto, partidos do Centrão já concordaram em delibera contra a medida.

O presidente da Câmara entendeu o recado do ministro da Defesa como uma ameaça de golpe e procurou Jair Bolsonaro. Lira teve uma longa conversa com o presidente da República. Segundo o Estadão, Lira expressou a Bolsonaro que não apoiaria nenhuma tentativa de golpe institucional. Ele reforçou a lealdade ao presidente, mas reforçou que não admitiria uma tentativa de golpe.

Bolsonaro, por sua vez, teria dito que nunca defendeu uma tentativa de golpe e reafirmou ter compromisso com a Constituição Federal.

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/arthur-lira-e-braga-netto-negam-ameaca-de-golpe-do-ministro-da-defesa-124020690.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.