Quantcast
Carrefour encaminha acordo para pagar R$ 120 milhões para evitar novas ações no caso João Alberto - Mundo News Web Interstitial Ad Example
24 de Junho, 2021

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Carrefour encaminha acordo para pagar R$ 120 milhões para evitar novas ações no caso João Alberto

2 min read
...
São Paulo, Brazil - February 8, 2021: facade of the entrance to the Carrefour hypermarket.

(Foto: Getty Images)

  • Carrefour encaminhou acordo no valor de R$ 120 milhões para evitar novos processos no caso João Alberto

  • Homem de 40 anos foi assassinado por seguranças de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre

  • Segundo o MP, acordo ainda não foi assinado

Para evitar novas ações no caso João Alberto, o Carrefour se encaminha para pagar R$ 120 milhões em tratativas junto às autoridades públicas e associações civis. O valor diz respeito a um Termo de Ajustamento de Conduta.

João Alberto Silveira Freiras foi assassinado por seguranças de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre em novembro de 2020. Ele foi espancado até a morte e as agressões foram filmadas.

Leia também

Segundo nota divulgada pelo Carrefour, o valor total de R$ 120 milhões será desembolsado ao longo dos próximos anos. Ao G1, o Ministério Público afirmou que o acordo ainda não foi assinado.

A viúva de João Alberto, Milena Borges Alves, aceitou uma proposta de indenização feita pela rede de supermercados de mais de R$ 1 milhão. O acordo com feito no mês de maio. Outros familiares, como pai, filhos e a enteada de João Alberto também receberam indenização do Carrefour.

Também em maio de 2021, a empresa anunciou que criou uma cláusula antirracismo nos contratos que faz com fornecedores e prestadores de serviço. Outra mudança feita pelo Carrefour foi o fim da terceirização da segurança dos estabelecimentos.

Atualmente, seis pessoas respondem pelo crime na justiça. São elas:

  • Giovane Gaspar da Silva, segurança que está preso

  • Magno Braz Borges, segurança que está preso

  • Adriana Alves Dutra, fiscal do Carrefour

  • Kleiton Silva Santos, funcionário do mercado

  • Rafael Rezende, funcionários do mercado

  • Paulo Francisco da Silva, funcionário da empresa terceirizada de segurança que prestava serviços ao estabelecimento

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/carrefour-encaminha-acordo-para-pagar-r-120-milhoes-para-evitar-novas-acoes-no-caso-joao-alberto-143321059.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.