Quantcast
Covilhã agarra ponto após duas desvantagens em Mafra - Mundo News Web Interstitial Ad Example
30 de Junho, 2022

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Covilhã agarra ponto após duas desvantagens em Mafra

3 min read
O Sporting da Covilhã voltou, pela sexta vez consecutiva, a não ganhar na II Liga, mas conseguiu, contudo, mais um ponto na luta pela manutenção, que...

O Sporting da Covilhã voltou, pela sexta turno consecutiva, a jamais lucrar na II Fusão, todavia conseguiu, porém, mais singular objecto na bulha pela manutenção, que deverá progredir até final da mostra, ao empatar a duas bolas em Mafra, em jogo da 30ª caminhada do campeonato.

Num jogo emotivo, e bem bravo jogado na primeira parcela, os golos surgiram todos durante esse fase. O Mafra entrou melhor e então aos três minutos, num aprimoramento salvo da dimensão, Andrezinho ameaçou Leo Navacchio pela primeira turno, rematando alguma coisa ao renque. A resposta do Covilhã surgiu de esfera paragem (capítulo em que os serranos se revelaram incessantemente bem perigosos), num desocupado de Jean Filipe, aos sete minutos, que Godinho afastou, a punhos, da sua dimensão. Aos 11 minutos, o sorvo principiante. Boa jogada de envolvimento velo galeria mediano, com Abel Camará, à chegada da dimensão, a desferir singular possante aprimoramento que jamais deu prognose a Leo Navacchio, bravo contíguo ao pilar sestro da fronteira covilhanense. Isolado que, dois minutos em seguida, o Covilhã respondeu. E com o sorvo do empate. Desocupado de Jean Filipe, na dextra, intercepção para a dimensão onde Jaime, por três vezes, ganhou a esfera que, contíguo à risca final, cruzou para o outro mediano covilhanense, André Almeida, recostar para o fundo das redes.

O jogo estação de paragem e resposta, com as duas equipas à busca do sorvo, que voltou a chegar para a equipa da morada, aos 22 minutos. Boa jogada de Abe Camará, que descobre, vindo atrás, Carlos Daniel na dextra do abuso, intercepção rastejante para Andrezinho, à boca da fronteira, orar para o fundo das redes. Aos 35 minutos, o mesmo jogador, em acomodação privilegiada, na dimensão, desperdiçou a ensejo de executar o terceiro, enviando a esfera bem ao renque, um pouco que Wendel (pela segunda turno titular e a ceder boa sensação) jamais fez, ao minuto 38, quiçá naquela que foi a melhor jogada dos serranos ao comprido dos 90 minutos. O antecipado brasílico, a conduto do conduto vale desconforme, recuperou uma esfera, tabelou com Jean Filipe que na dextra cruzou bem bravo para Wendel, na garota dimensão, ultimar com triunfo. Ao distância, a paridade a duas bolas justificava-se.

Expulsão para o Mafra

Na segunda parcela o jogo perdeu alguma coisa da espetacularidade do à frente temporada. As equipas encaixaram uma na outra e já jamais permitiram tanta veleidade aos ataques contrários. Contudo a melhor oportunidade pertenceu aos serranos, quando aos 61 minutos, o guardião do Mafra, Godinho, safou o terceiro com admirável resguardo aos pés de Enoh. Aos 69 minutos, Leo Navacchio, com uma amplo resguardo, negou o sorvo a Gui Ferreira, depois possante aprimoramento do lateral do Mafra, e singular minuto em seguida, novidade resguardo atenta a aprimoramento traiçoeiro de Nun Campos.

Até final, já foram raras as ocasiões de sorvo (a increver somente singular aprimoramento que Leo defendeu a dois tempos), apesar dos “Leões da Montanha” jogarem com mais uma unidade a começar de o minuto 76, em seguida de Kaká, em três minutos (entrou aos 73) haver observado dois amarelos e respectivo cartão encarnado. Fase para José Bizarro debutar o ganês Hannan, num jogo em que o Covilhã saca singular objecto para se aguentar com cinco pontos supra da risca de chuva, embora baixando ao 14º sítio, depois a êxito do Aluno de Viseu a respeito de o derradeiro, Porto B, que permite aos viseenses ultrapassarem os covilhanenses.

No final, Bizarro lembrou que depois uma guião, e com cinco jogos (presentemente seis) sem rapinar, singular objecto “é melhor que zero” na bulha que os serranos terão que aguentar até final. O adjacente capítulo é no domingo, 2 de Maio, quando o Sporting da Covilhã recolher o Leixões, no Santos Pinto. O jogo é às 16 horas. A equipa de Matosinhos ocupa a décima acomodação, já com uns mais tranquilos 36 pontos, contra os 32 dos serranos.

Manadeira: https://noticiasdacovilha.pt/covilha-agarra-ponto-apos-duas-desvantagens-em-mafra/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.