Quantcast
Crónica: Braga permite empate ao Marselha após dominar a primeira parte - Mundo News Web Interstitial Ad Example
4 de Agosto, 2021

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Crónica: Braga permite empate ao Marselha após dominar a primeira parte

2 min read
O Sporting de Braga empatou hoje com o Marselha (1-1), num jogo particular de futebol em que dominou a primeira parte, chegando à vantagem, e sofreu...

O Sporting de Braga empatou hoje com o Marselha (1-1), num jogo privado de futebol em que dominou a primeira segmento, chegando à primazia, e sofreu a paridade na segunda, perdendo o controlo das operações para os franceses.

No revinda ao Arena Municipal de Braga, a equipa portuguesa materializou a excelência incipiente com o gole de Abel Ruiz, aos 19 minutos, todavia a equipa gaulesa empatou aos 52, por Dimitri Payet, impondo aos ‘arsenalistas’ o sala empate sucessivo em sete ‘ensaios’ já cumpridos na pré-temporada.

Ainda sem a rapidez consuetudinário das competições oficiais, o Braga exprimiu, ao extenso da primeira segmento, alguns dos abc que o distinguiram na idade passo, uma vez que a habilidade acometida do elemento ‘reclinado’ à renque dextra ou a busca pelas desmarcações dos avançados para os abandonar em arranjo de impulsionar à fronteira.

Emprestado à Académica na tempo 2020/21, Fabiano regressou ao assembleia ‘arsenalista’ e surgiu no local que, nas quatro temporadas anteriores, foi ocupado por Ricardo Esgaio, reforço do Sporting, tendo-se mostrado interventivo na tira dextra e testemunhado Médico para o avante ensejo de transe, aos dois minutos.

Na esquerda, os bracarenses apresentaram singular futebol mais ‘pensado’ e, posteriormente da assistência de Sequeira para o retoque ao flanco de Médico, aos 15 minutos, chegaram mesmo ao gole aos 19, noutro ensejo pendido para essa renque: solitário por Fransérgio, Abel Ruiz atirou réptil e em roda, salvo do alcance do ‘ladino’ Steve Mandanda.

O gole minhoto ‘pausou’ ainda mais a dinâmica do colisão, com os pupilos de Carlos Carvalhal a controlarem o duelo a meio-campo ante singular Marselha quase incessantemente impossibilitado de ‘cercar’ a ‘teia’ defensiva vermelha e branca e de edificar algum agravo honrado de nota até ao distância.

Após da permuta de Raul Silva, com uma úlcera na carola depois abalroamento com Sequeira, por Tormena, aos 43 minutos, a turma portuguesa reatou o jogo com sete ‘novidades’ – Tiago Sá, Castro, João Novais, Lucas Piazón, o ‘regressado’ Fábio Martins e os reforços Tiago Esgaio e Mario González.

O bloco do meridional de França empatou numa período em que a entoação da segunda segmento estava ainda indefinida: Dimitri Payet beneficiou de singular consolação ‘aberrante’ de Fabiano para completar ao ângulo basta sestro da fronteira.

Mais confortável em chã depois o gole marcado, o Marselha ameaçou a reviravolta lã recém-entrado Bamba Dieng, aos 59 minutos, e foi a equipa que mais fluência apresentou no seu jogo ao extenso da segunda metade, apesar dos minhotos terem próximo ocasionalmente à fronteira gaulesa, uma vez que num retoque de Roger, margem de 15 anos, ao minuto 76.

Manancial: https://www.futebol365.pt/item/263690-cronica-braga-permite-empate-ao-marselha-apos-dominar-a-primeira-parte/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.