Quantcast
DOI-CODI, as memórias do QG da tortura da ditadura precisam seguir vivas - Mundo News Web Interstitial Ad Example
27 de Outubro, 2021

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

DOI-CODI, as memórias do QG da tortura da ditadura precisam seguir vivas

1 min read
Quando o Brasil vive sob um Governo que tenta apagar os escombros do regime militar, uma batalha avança em São Paulo para fazer do antigo endereço...

Quem caminha pelas ruas Tutóia e Tomás Carvalhal, na Zona Meridional de São Paulo, a menos que conheça raconto profundamente, nunca saberá que naquele quarteirão funcionou o maior núcleo de suplício institucionalizada que existiu no pátria durante a autocracia armífero (1964-1985). No Destacamento de Operações de Comunicação —Núcleo de Operações de Resguardo Interna, mais célebre porquê DOI-CODI do II Tropa— foram mortas ou desapareceram 70 pessoas entre 1969 e 1976, segundo o relatório da Percentagem Pátrio da Realidade, a autoridade do estatuto armífero. Outras centenas foram torturadas com requintes de malignidade por uma virilidade trabalho que incluiu militares e policiais em nome da peleja ao bolchevismo. Mulheres eram estupradas, crianças eram conduzidas para testemunhar seus pais desfigurados posteriormente sessões de repelo praticadas por agentes do Condição.

Acompanhar leyendo

Natividade: https://brasil.elpais.com/brasil/2021-09-28/doi-codi-as-memorias-do-qg-da-tortura-da-ditadura-precisam-seguir-vivas.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.