Quantcast
Ministério Público acusa oito de praxe violenta - Mundo News Web Interstitial Ad Example
24 de Junho, 2021

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Ministério Público acusa oito de praxe violenta

2 min read
O Ministério Público deduziu acusação contra oito arguidos num processo relacionado com uma praxe académica violenta, que ocorreu na Covilhã em Setembro de 2018 e da...

O Ministério Público deduziu arguição contra oito arguidos num sistema relacionado com uma praxe académica violenta, que ocorreu na Covilhã em Setembro de 2018 e da qual foram vítimas dois alunos, informa a Procuradoria-Generalidade Regional de Coimbra.

Em nota publicada na página da internet daquele órgão, é citado que os oito arguidos foram acusados pela costume de dois crimes de sequestro agravado, dois crimes de ofensa à dignidade física qualificada e dois crimes de filtração agravada. “De conciliação com a arguição, os arguidos convidaram dois caloiros do seu andamento para ‘tomar único copo’. Os ofendidos anuíram e acabaram por ser levados, em carros separados e com a cachimónia coberta com capas académicas, para a montanha. Uma turno além, os actualmente acusados retiraram-lhes os telemóveis e colocaram-nos coadunado de único penedo, avisando-os de que se tentassem partir seriam dali atirados, frisando que ‘ninguém queria único Meco II’”, acrescenta o intimidado. Segundo está citado, em seguida disso, “os arguidos obrigaram os ofendidos a descair as calças e as cuecas e a colocar-se com as mãos e joelhos no solo, por formato a aduzir as respetivas zonas genitais aos além presentes e, afinal, agrediram-nos com uma pá metálica com 60 centímetros de comprimento”.

A comunicação acrescenta que os factos remontam à noite de 25 de Setembro de 2018 e ocorreram no âmbito de uma praxe académica, todavia nunca aponta qual a edificação que os alunos frequentavam.  Mas, na profundidade, foi tornado público que o facto envolvia alunos da Universidade da Ourela Interno (UBI), que, de sobra, anunciou que tinha apresentado reclamação ao Ministério Público, em seguida de haver permitido uma participação por fracção de único discípulo que teria sido mártir da referida praxe. A UBI frisava também que nunca permitia, há vários anos, algum indivíduo de praxe incorporado das instalações, estado que se mantém.

Manadeira: https://noticiasdacovilha.pt/ministerio-publico-acusa-oito-de-praxe-violenta/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.