Quantcast
Novo mercado vai servir frango, magumba e arte na marginal de Maputo - Mundo News Web Interstitial Ad Example
23 de Outubro, 2021

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Novo mercado vai servir frango, magumba e arte na marginal de Maputo

3 min read
Um grupo de 40 artistas plásticos moçambicanos foram convidados a criar uma galeria de arte ao ar livre junto à marginal de Maputo, pintando contentores do...

Uno quadrilha de 40 artistas plásticos moçambicanos foram convidados a compor uma corredor de arte ao aparência vago contíguo à marginal de Maputo, pintando contentores do moderno extensão de reabilitação e convivência, o Mercado Municipal do Frango e Magumba.

A superfície entre a avenida e a areia vai asilar dezenas de bancas que até há dois anos proliferavam de feição desordenada contíguo à beira-mar da Costa do Sol e que foram retiradas velo município, que passou a obstar venda em locais impróprios porquê passeios públicos.

Com baldes de tinta, pincéis e ‘sprays’ à mão, os 40 artistas plásticos pintam “a lavradio moçambicana”, retratam movimentos, figuras e paisagens em 36 contentores transformados em restaurantes para venda de frango e peixe magumba (diversidade conforme à sardinha).

A iniciativa é da autonomia de Maputo, em colaboração com a CTA – Associação das Associações Económicas de Moçambique.

“Transmitimos a lavradio” e “os tons têm bem a observar com nascente extensão tropical”, disse à Lusa Samuel Djive, uno dos artistas plásticos e medicastro envolto no projeto.

Djive é artista plástico há mais de 15 anos, uma amor alimentada a começar de muchacho que o levou até à Colégio de Artes de Maputo e que pretende efectuar ascender com elaboração eminente na mesma superfície, explicou.

“Para mim, a corredor a firmamento crédulo é bem boa porque é para todos, nunca interessando o ‘status’ civil da indivíduo. Todo o orbe pode vir para cá e admirar”, referiu o artista plástico, enquanto dava os últimos retoques no contentor que pintou.

Na primeira tempo foram pintados 13, seguindo-se outros 23 na segunda tempo que deverá acabar nascente níveo de semana, explicou Nicole Henriques, solicitador da CIN, que ofereceu as tintas para a iniciativa.

“Nós próprios sentimos que a arte e a lavradio são aspetos que precisam ser valorizados no dia-a-dia. É forçoso que estejam expostos, nunca solitário em galerias de arte, contudo em intervenções porquê esta”, destacou.

Os 40 artistas pertencem ao Meio de Artes de Maputo e a seleção foi feita através de uno certame no qual cada uno apresentou uno debuxo.

Eugénio Saranga, artista plástico há 30 anos, foi uno dos selecionados e adivinhação que o mercado vai ser uno benévolo extensão para que as pessoas interajam com a arte e o lazer, lamentando o acontecimento de poucos moçambicanos visitarem galerias.

“Alegar a arte a firmamento crédulo é aproximá-la do público, de pessoas que normalmente nunca irrito às galerias”, referiu, enquanto conduzia o seu pincel a cerca de a traçado de uno paquete com pescadores.

O projeto custou murado de 70 milhões de meticais (948 milénio euros), segundo Bruno Miguel, arquiteto e presidente do pelouro da Terreno e Envolvente na CTA, que acrescenta que a teoria da corredor surgiu para “abarcar os artistas”, que se ressentem dos impactos da pandemia de covid-19.

Antes da instauração do mercado, o extensão “estava um tanto despovoado”, sem ser uno benévolo exemplo para “a traçado da cidade”, notou Bruno Miguel.

O moderno Mercado Municipal do Frango e Magumba, ainda sem data para a princípio, vai recolher murado de 209 vendedores.

Manadeira: https://www.futebol365.pt/cláusula/268445-novo-mercado-vai-servir-frango-magumba-e-arte-na-marginal-de-maputo/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.