Quantcast
Prêmio Espantaxim vai premiar 246 crianças e adolescentes em dezembro - Mundo News Web Interstitial Ad Example
8 de Agosto, 2022

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Prêmio Espantaxim vai premiar 246 crianças e adolescentes em dezembro

4 min read
...

A sexta edição do Prêmio Espantaxim vai premiar 246 crianças e adolescentes de 7 a 13 anos que escreveram textos a partir do tema “As Quatro Estações – Primavera, Verão, Outono e Inverno. Cada estação do ano tem seus encantos e particularidades e esses fenômenos da natureza afetam o sentimento das pessoas”.

Do total de trabalhos recebidos, foram premiados textos nas categorias redação (128), mensagem (29) e poesia (89). Desses 246 premiados, uma comissão julgadora integrada por jornalistas, psicólogos e professores selecionou 41 vencedores entre os melhores trabalhos enviados.

A solenidade de premiação será no dia 4 de dezembro, às 15h, no Teatro Gazeta, em São Paulo.

Criado em 2010, com realizações a cada dois anos, o Prêmio Espantaxim estimula a criança a ler e a escrever, contribuindo para a formação de novos leitores e autores.

Pequenos premiados

Os irmãos Sofia e Heitor Costa Leite, 7 anos, são vencedores nas categorias poesia e redação, respectivamente. Estudantes de Campina Grande (PB), eles afirmam que os pais sempre foram grandes incentivadores da leitura em casa.

“Meus pais sempre liam para nós antes de dormir. Foram tantas histórias que isso despertou a minha imaginação para criar várias histórias divertidas e legais. Para o Prêmio Espantaxim, escrevi uma poesia sobre a primavera, pois essa é minha estação favorita. Gosto das flores e de como tudo fica mais colorido”, disse Sofia.

“Comecei a me interessar pela leitura e escrita com meus pais, que sempre leem para mim e minha irmã. Escrevi sobre a minha estação preferida, o inverno. Aqui no Nordeste não faz muito frio, mas quando faz, é um friozinho tão gostoso que poderia durar o ano inteiro”, afirmou Heitor.

As irmãs Manuela e Milene Lucena Melo Nogueira Jordão, 8 anos, também alunas na capital paraibana, conquistaram premiação na categoria poesia. “Comecei a gostar de ler e escrever na escola. Escrevi uma poesia sobre o verão, que é a minha estação favorita, pois é quando chegam as férias, o calor. Éa época do ano em que me divirto mais”, afirmou Manuela.

Já Milene escreveu seu poema sobre a primavera. “Gosto da primavera porque a natureza fica mais radiante e isso me deixa mais feliz. Comecei a gostar mais de ler e escrever na escola e fiquei muito surpresa de ser premiada no Prêmio Espantaxim”.

O estudante Renato Boschi Covo, 10 anos, de Indaiatuba (SP), premiado na categoria poesia, ficou feliz ao receber a notícia entre os colegas de escola. “Estava com minha mãe no carro quando ela viu no site que eu estava entre os premiados. Fiquei muito feliz, pois me dediquei muito para escrever o poema. Achei que tinha ficado bom, mas não esperava estar entre os premiados. Foi uma grande surpresa! No dia seguinte, a coordenadora da minha escola foi até a sala de aula dar a notícia e meus colegas me aplaudiram. Foi muito legal”, relatou Renato.

Já a aluna Raíssa Alves da Costa Lima, 12 anos, de João Pessoa, disse que está ansiosa para o dia da premiação. “Minha mãe sempre lê poesias para mim e me incentiva a também escrever os meus próprios poemas e a ler. Durante a pandemia, ela me motivou a procurar um concurso ao qual pudesse enviar os meus textos. Foi assim que descobri o Prêmio Espantaxim, que foi o primeiro que participei. Fiquei muito surpresa quando soube que estava entre os premiados e agora estou na expectativa pela cerimônia de premiação”.

Premiação

Nas edições anteriores, a cerimônia de premiação ocorreu no auditório do Museu de Arte de São Paulo (Masp), mas como o lugar é pequeno, para 344 pessoas, a direção resolveu mudar para o Teatro Gazeta, mais amplo, com 716 lugares.

“A gente estava restringindo muito o número de convidados. As crianças ficavam tristes, porque não podiam convidar a avó, a madrinha. Não cabia no Masp”, explicou a criadora do concurso literário nacional infantojuvenil, escritora e compositora Dulce Auriemo. “A opção então foi procurar um espaço maior. Vamos deixar que as crianças convidem mais gente”.

As 246 crianças e adolescentes premiados receberão três exemplares cada da VI Antologia, livro especial, ilustrado, onde são publicados os textos originais, com a letra dos pequenos escritores, e também as versões digitadas, após revisão. Eles receberão também o exclusivo boneco do personagem Espantaxim, mascote do prêmio.

Os 41 vencedores do concurso literário recebem ainda o Troféu Espantaxim, criado em 2010 e que, este ano, traz na mão o logotipo das quatro estações, além da coleção completa de livros e CD’s do Projeto Espantaxim, idealizado por Dulce Auriemo e que está completando 20 anos de existência.

A relação completa de nomes, escolas, cidades e estados dos premiados pode ser consultada no site do prêmio.

Sexta edição

A sexta edição do Prêmio Espantachin recebeu 3,3 mil trabalhos de crianças e adolescentes de 7 a 13 anos de idade, estudantes de 76 escolas públicas e privadas, que representaram 42 cidades e 15 estados brasileiros.

“Se queremos pessoas que amem e valorizem a leitura e a escrita, precisamos incentivá-las desde cedo, na infância, em um trabalho conjunto com as escolas. É isso o que procuramos fazer por meio do Prêmio Espantaxim”, afirma Dulce.

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/pr%C3%AAmio-espantaxim-vai-premiar-246-211800293.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.