Quantcast
Violência do colonialismo abre espaço na memória coletiva da Europa - Mundo News Web Interstitial Ad Example
24 de Junho, 2021

Mundo News

Seu Mundo! Suas Notícias!

Violência do colonialismo abre espaço na memória coletiva da Europa

1 min read
Arrastados pela denúncia de racismo estrutural do Black Lives Matter, países como a França e a Alemanha mudam sua política relativa ao passado imperial e à...

O Situação gálico levou 50 anos para certificar que foram suas forças policiais, e nunca os nazistas, que realizaram as deportações maciças de judeus da França. Foi Jacques Chirac quem rompeu aquele tabu, em 1995. “Existem momentos na bibiografia de uma região que ferem a relembrança e a teoria que uno região faz de si mesmo”, exclamou o logo presidente conservador gálico. Entrementes, foi importante que transcorressem outros seis anos para que a França reconhecesse uno violação cometido bem antes: solitário após de iniciado o cem XXI, graças à Mandamento Taubira, o Situação, através do seu Plenário, pediu absolvição pela escravidão abolida em 1848.

Escoltar leyendo

Manadeira: https://brasil.elpais.com/internacional/2021-06-11/violencia-do-colonialismo-abre-espaco-na-memoria-coletiva-da-europa.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.